O que a Black Friday tem a ver com sua operação fiscal?

Para usufruir das sazonalidades do final do ano, planejamento é a palavra de lei! Se você é do time que se apega apenas na melhor oferta, querendo desbancar seu concorrente, precisa rever seus conceitos, caso contrário poderá ter até prejuízos mais tarde.

Vendas e confiabilidade

Todos sabemos que o mercado consumidor durante a Black Friday é gigante, por isso, muitas empresas exploram a venda online para atingir facilmente esse público. É um período de muitas oportunidades, que pode tanto resolver quanto criar problemas.

Isso porque para atuar no mercado digital sem ter problemas com a Receita Federal, o estabelecimento precisa seguir diversas normas fiscais, como o imposto sobre todas as vendas.

Além de promoções vantajosas, os clientes esperam e precisam adquirir produtos de origem confiável, que possua documento fiscal. Para alguns pode parecer uma coisa obvia, mas nem toda empresa cumpre essa regra.

Para provar para o consumidor que o seu negócio está operando dentro da lei e não oferece risco de fraude, o que é muito comum nessa época do ano, é obrigatória a emissão de documento fiscal do produto/serviço vendido.

Além de evitar possíveis autuações, essa também pode ser considerada uma forma de inspirar mais confiança ao consumidor.

Preparação e sanções

A quantidade de impostos que incidem nos documentos fiscais é enorme e mesmo que esse assunto que não desperte muito interesse, é preciso direcionar esforços nessa área para manter a empresa ativa e livre de autuações.

A multa para empresas que não realizam a emissão de notas fiscais varia de 10% a 100% sobre cada nota autuada.

O maior desafio é fazer o cálculo correto da taxa, afinal são milhares de jurisdições que exigem conhecimento sobre a legislação local. Dentre os principais impostos obrigatórios para nota fiscal do consumidor, estão:

  • COFINS
  • ICMS
  • PIS

Caso você esteja pensando no que a emissão de notas impacta a decisão do consumidor, saiba que um processo falho ou oneroso, pode acarretar em perda das vendas e queda da receita, pois ocasiona maior tempo de processamento das compras online ou, caso a venda seja em um ambiente físico, acaba gerando filas nos estabelecimentos e demora no atendimento ao cliente.

Como todos sabem, uma experiência de compra positiva é crucial nesse período para que o consumidor não desista do produto ou até mesmo da marca, portanto, planeje-se.

Um processo de emissão eficiente deve ser capaz de fazer uma comunicação rápida com a Sefaz, pois caso haja qualquer indisponibilidade, as notas ficarão em stand by até que a conexão retorne, impedindo o processo de conclusão da compra.

 

Como ter uma gestão de emissão fiscal eficiente?

Para apoiar seu negócio nessa área, a NTT DATA oferece serviços e softwares fiscais que geram e apuram o valor correto do imposto sob o preço final do produto, fazendo toda a comunicação com o órgão fiscal responsável e alinhado com a legislação de cada UF, ajudando sua empresa a economizar com equipe e recursos.

Lembre-se que a Black Friday é uma data sazonal de compras que proporciona o aumento dos lucros, contudo, se o negócio não estiver operando dentro da legislação fiscal, o prejuízo que vem depois será maior.

Fale com um especialista e conheça todas as vantagens de tornar-se um parceiro NTT DATA!

Preencha o cadastro abaixo e receba nossos conteúdos!

Contact Us
Contate-nos

Estamos sempre dispostos a ajudar, entre em contato conosco.

Ligue para nós:
+55 41 3593-3200
Ligue para nós:
+55 41 3593-3300
Envie uma mensagem Entre em contato