EFD-Reinf 2.0 – Dicas para não errar na entrega

Desde junho de 2018, a entrega da EFD-Reinf já faz parte da rotina fiscal de muitas empresas, entretanto, a dificuldade para gerar corretamente os eventos ainda é grande. Com a chegada do leiaute 2.0, o processo ficou ainda mais complexo.

Para te ajudar a fazer uma entrega mais segura, confira abaixo alguns pontos de atenção.

Envio

O envio dos eventos ao SPED é mensal e deve ocorrer até o dia 15 de cada mês, sendo assim, se as informações forem referentes ao mês de abril/2019, deverão ser transmitidas até o dia 15 de maio de 2019, e assim sucessivamente.

A quantidade máxima de eventos permitidos por lote para envio da EFD-REINF é de 100 (cem) eventos.

Importante: Se o último dia do prazo previsto no caput não for considerado útil, a entrega da EFD-Reinf deverá ser antecipada para o dia útil imediatamente anterior.

Evite enviar eventos simultâneos durante o processamento do fechamento R-2099, pois eles não serão aceitos pelo sistema, a medida foi gerada para garantir a integridade dos dados.

Ordem de envio dos eventos

O evento R-1000 – Informações do Contribuinte, deve ser o primeiro a ser enviado.

Para os demais, se houver neles referência a algum processo judicial ou administrativo, é necessário enviar antes o evento R-1070 – Tabela de Processos Administrativos/Judiciais, com as informações do respectivo processo.

Os eventos podem ser transmitidos separados ou em lote (exceto o evento R-2099, este deve ser enviado individualmente).

Preenchimento das informações

Cada evento possui uma estrutura própria e o SPED confere se a versão do leiaute utilizado é a correta, por isso, fique atento. A alteração do leiaute de um determinado tipo de evento não afeta a versão dos demais.

Grupos de envio

Entidades que tiveram faturamento acima de R$ 78 milhões em 2016 (grupo 1) já estão realizando o envio da EFD-Reinf desde maio de 2018. Entidades com faturamento inferior a R$ 78 milhões em 2016 (grupo 2), começaram a entregar em fevereiro de 2019 e a partir de julho, um novo grupo de empresas entra no cronograma da RFB.

Micro e pequenas empresas, MEIs, Simples Nacional (optantes em 01/07/2018), Empregador Pessoa física, Produtor Rural PF e entidades sem fins lucrativos, que tiveram faturamento anual de até 4,8 milhões em 2016, compõem o grupo 3 e tem até o dia 15 de agosto para envio dos eventos competentes ao mês julho.

Importante: o faturamento informado compreende ao total da receita bruta.

Entregar a EFD-Reinf 2.0 pode ser mais fácil se a sua empresa é parceira da NTT DATA

O Software Fiscal GUEPARDO está preparado para entregar essa obrigação de acordo com as diretrizes do novo leiaute e se você já é cliente basta solicitar a atualização da versão.

 

Para saber mais, preencha o formulário abaixo e fale com um especialista!

NTT DATA Business Solutions
NTT DATA Business Solutions

Our experts are keen to stay up to date with new developments and always share their insights, knowledge and opinions from all around the world. They cover a wide range of IT and business-related topics, including SAP and industry expertise as well as management issues. Most of them have gained many years of experience in the area of SAP - always close to the customer. That’s why they know the requirements of the market, of our customers and their customers’ customers/ partners. Get inspired and contact us if you would like to talk to them directly.

Contact Us
Contact Us

Estamos sempre dispostos a ajudar, entre em contato conosco.

Ligue para nós:
+55 41 3593-3200
Ligue para nós:
+55 41 3593-3300
Envie uma mensagem Entre em contato