NTT DATA Business Solutions

4 principais erros no preenchimento da ECF

Mulher fazendo anotações para o preenchimento da ECF

O prazo para entrega da obrigação está cada vez mais próximo e um dos fatores que mais preocupam os profissionais que estão prestes a finalizar o preenchimento da ECF é a quantidade de informações solicitadas nos blocos.

O preenchimento completo dessa obrigação é bem complexo, e, caso seja registrado algum dado incorreto, o contribuinte tem até cinco anos para corrigir o erro. Isso até pode parecer uma notícia boa, porém, não se engane! Qualquer modificação na declaração em anos anteriores o obriga a ajustar todos os documentos entregues posteriormente, gerando um grande retrabalho.

Confira quais são os erros mais cometidos no preenchimento da ECF:

FORMA_TRIB do Registro 10 não é válido

Esse é um erro de importação, que ocorre quando há ausência da configuração do arquivo transmitido pelo SPED ECF. Esse problema é resolvido facilmente com o uso de um ERP.

Total das receitas brutas informadas diferente da receita calculada

Essa divergência está relacionada aos saldos das receitas entre os registros: P150 (representação da DRE) e P200, P400 apuração fiscal de IRPJ e CSLL). Vale citar que também há casos com contas referenciadas incorretas, que geram assim, a inconsistência.

Valor informado em I155 não corresponde à soma dos valores em I157

De maneira geral, não há coerência no valor informado no campo saldo inicial do registro de Saldos Periódicos (I155) com os iniciais informados nos registros de transferência de saldos do plano de contas anterior (I157).

E, ainda vale informar aos profissionais da área que é necessário cadastrar os saldos iniciais com base nos saldos finais informados, os quais estão na ECD enviada anteriormente.

Código da conta referencial inexistente

É importantíssimo elencar os saldos de todos os bancos que são somados e apresentados em uma única conta. Assim, quando não há essas referências corretas, não existe a escrituração contábil como um “espelho” que será entregue na ECF.

 

Esses são os principais erros cometidos no preenchimento da ECF. Lembrando que, informações incompletas, imprecisas ou omitidas geram multas, por isso, mesmo que a sua empresa tenha suporte tecnológico para esse tipo de serviço, é fundamental se atentar com a qualidade das informações enviadas.

Botão para falar com especialista sobre revisão da ECF

Como a NTT DATA pode ajudar no preenchimento da ECF?

A NTT DATA estruturou uma equipe formada por especialistas em Consultoria Tributária para empresas que possuem ERP SAP e o Software Fiscal GUEPARDO, para apoio nas seguintes atividades relacionadas a revisão da ECF:

  • Revisão dos procedimentos adotados para a apuração da provisão para o IRPJ e CSLL, seus recolhimentos e compensações no período-base de revisão;
  • Revisão dos critérios para adições/exclusões;
  • Revisão dos valores da memória de cálculo x GUEPARDO:

–   Classificação das adições/exclusões;

–  Critérios para adições/exclusões;

–  Cruzamento Parte B x Diferido;

  • Análise dos dados mestres de FI que impactam a base do IRPJ e da CSLL;
  • Análise dos critérios de custeio e apropriação de custos CO/PP;
  • Revisão dos procedimentos adotados na determinação dos valores adicionados, excluídos e compensados na apuração da base de cálculo do IRPJ e da CSLL, bem como nas deduções do valor devido, tais como: antecipações, IRRF, incentivos fiscais utilizados, etc.;
  • Identificação de eventuais benefícios;
  • Análise do tratamento efetuado para as subcontas;
  • Revisão fiscal do balanço/balancete da última data-base, visando analisar as principais contas que poderão ter reflexos na apuração do IRPJ e da CSLL;
  • Revisão dos procedimentos adotados na escrituração e controle dos valores a serem registrados no Livro de Apuração do Lucro Real – LALUR;
  • Auditoria do arquivo entregue e cruzamento com demais obrigações:

–  ECF x ECD;

–  ECF x SPED Contribuições;

–  ECF x SPED FISCAL;

–  ECF x DCTF;

–  DCTF x DARF x Pagamentos.

 

Além disso, nossos especialistas utilizam técnicas e mecanismos de ciência de dados aplicada em entregas fiscais, isso significa que o tempo, os custos e os riscos para realização desse tipo de trabalho diminuem drasticamente, e uma equipe de especialistas faz análise dos relatórios gerados para garantir a confiabilidade das informações.

 Converse agora mesmo com nossos especialistas e garanta a revisão do seu arquivo para evitar multas e penalidades!

Fonte: Jornal Contábil
Contate-nos!
Contate-nos!

Estamos sempre dispostos a ajudar, entre em contato conosco.

Ligue para nós:
+55 41 3593-3200
Ligue para nós:
+55 41 3593-3300
Envie uma mensagem Entre em contato